tecnico-eletrotecnica

Técnico em Eletrotécnica: Quem é esse profissional?


O profissional de eletrotécnica é formado por um curso técnico de mesmo nome e é capacitado para trabalhar com sistemas, componentes e dispositivos elétricos e eletrônicos, fazendo a manutenção deles ou realizando atividades que dependam da sua execução.

Esse técnico também é habilitado para projetar equipamentos voltados à geração e transmissão de energia elétrica, além de operá-los, instalá-los e fazer a manutenção. O mercado de trabalho é amplo, afinal, o profissional pode trabalhar prestando serviços em residências, em empresas ou em indústrias. É cada vez mais necessário alguém que tenha uma qualificação como essa.

Projetar instalações elétricas para viabilizar a implantação de sistemas de telecomunicações é um trabalho que também envolve técnicos em eletrotécnica. As atividades desse profissional têm relação até com a construção civil, pois esses técnicos são capacitados para cuidar da parte de instalações elétricas de novas edificações e empreendimentos.

Como você pode perceber, existe muito campo de trabalho, mas é claro que apenas os melhores são selecionados. Quem deseja se tornar um técnico em eletrotécnica precisa ter alguns requisitos, como ser detalhista, atencioso e muito responsável. Afinal, pode ficar responsável por todo o setor elétrico e eletrônico de algum local e essa é uma tarefa que exige cuidados, um erro pode resultar em um acidente.

A formação do técnico em eletrotécnica une aspectos da eletrônica e elétrica, para que o profissional seja completo. Por isso, o aluno estuda detalhadamente os circuitos compostos por dispositivos elétricos e eletrônicos, como cada elemento se comporta, como aquilo pode gerar e transmitir energia, além de vários outros conhecimentos que são adquiridos no decorrer do curso.

A remuneração de um técnico em eletrotécnica recém-formado, portanto, sem experiência profissional, normalmente fica em torno de R$ 1.800,00, podendo chegar aos R$ 2.000,00 ou passar um pouco disso. A carga horária mínima obrigatória corresponde a 800 horas.

Para citar os possíveis empregadores de forma mais específica, podemos incluir as concessionárias de veículos; usinas eólicas, termoelétricas e hidroelétricas; indústrias metalúrgicas; empresas de assistência técnica; empresas de telecomunicação e várias outras.

Normalmente, as grandes indústrias de qualquer setor precisam de um técnico em eletrotécnica para trabalhos internos.

 

Comentários

  • Arturgamer
    Responder

    se eu gostar mais de eletrônica e automação vou me dar bem na eletrotécnica?

    • rvertulo

      Olá,

      A eletrotécnica está mais próxima da automação que da eletrônica, apesar de não ser um curso voltado exclusivamente à automação de sistemas. De forma geral, você precisa gostar, principalmente, de realizar projetos de instalações elétricas residenciais, comerciais e industriais para cursar eletrotécnica.

      Espero ter ajudado.

      Abraços