transformadores1

O que é um Transformador


Em 1885 o americano Willian Stanley, baseado em uma ideia de Lucien Gaulard e John Dixon Gibbs, inventou o Transformador. O equipamento criado por Stanley é capaz de converter uma tensão em outra, aumentando-a ou reduzindo-a dependendo da forma como ele é projetado.

O surgimento dos Transformadores abriu caminho para o aparecimento da televisão, do computador, dos carregadores de baterias e de muitos outros equipamentos que utilizamos nos dias atuais. Devido à sua criação, Stanley foi convidado para trabalhar com o empresário George Westinghouse.

O funcionamento dos Transformadores é baseado no princípio de Michael Faraday da indutância mútua. Este princípio diz que é possível produzir corrente elétrica em um circuito colocado sob efeito de um campo magnético variável produzido pela passagem de corrente elétrica em uma bobina. A razão entre a corrente elétrica recebida e a produzida é determinada pela quantidade de espiras da bobina.

Uma das principais formas de utilização dos Transformadores é para a transmissão de energia. Transmitir energia elétrica com altas correntes por grandes distâncias é pouco eficiente, pois boa parte dela é perdida durante o trajeto. Nesse caso é mais eficaz aumentar a tensão da rede elétrica durante a transmissão (reduzindo sua corrente) para, em seu destino, voltá-la ao valor original. Para essa tarefa, utiliza-se os Transformadores.

Os transformadores de Stanley foram utilizados pela primeira vez no ano de 1886 fornecendo energia para empresas da rua principal de Great Barrington, Massachusetts. A experiência foi um sucesso e até hoje o projeto básico do Transformador criado por Stanley é utilizado.

Veja a seguir alguns modelos de transformadores utilizados na eletrônica.

 

 


transformadores

 

Comentários