Sensor de Temperatura com o CI 555

Acessado 986 vezes.
Como citar esse artigo: VERTULO, Rodrigo Cesar. Sensor de Temperatura com o CI 555. Disponível em: <http://labdeeletronica.com.br/eletronicaanalogica/sensor-de-temperatura-com-o-ci-555/>. Acessado em: 22/04/2024.


Normalmente quando os projetistas de eletrônica decidem pelo uso do CI 555 em seus projetos são utilizadas as configurações clássicas de montagem do componente que é no modo astável, monoestável ou biestável. Contudo, conhecendo-se profundamente o funcionamento interno do 555 é possível utiliza-lo de outras formas, como por exemplo como um comparador de tensão.

O circuito apresentado nesse artigo faz uso do CI 555 como um comparador de tensão. Essa forma de utilização do 555 é especialmente útil quando não se dispõe de amplificadores operacionais ou o uso de microcontroladores com conversores A/D não é uma opção viável. Esse circuito é extremamente simples e barato de se montar.

Para exemplificar a utilização do 555 como um comparador de tensão, é apresentado um sensor de temperatura. No circuito apresentado a tensão de referência do comparador é de 3V e sempre que a tensão no terminal Trigger do 555 ficar acima desse valor sua saída no terminal Output é desativada. Quando a tensão no Trigger ficar abaixo de 3V a saída Output é acionada. Note que no circuito foi adicionado um Led à saída do 555 para que o usuário do circuito tenha um feedback visual da resposta do sensor.

O terminal Trigger é conectado a um divisor de tensão formado por um termistor NTC e um resistor variável. A definição da temperatura de controle é feita ajustando-se o resistor variável (que poderia ser um potenciômetro).

Se você deseja conhecer em detalhes o funcionamento do circuito integrado 555 e criar projetos criativos como esse, conheça o eBook “555 Segredos Revelados” do Laboratório de Eletrônica, acesse http://circuito-integrado-555.labdeeletronica.com.br/

Eletrônica Simples Para Projetos Complexos
Deixe de ser alguém que fica copiando e colando circuitos da Internet e passe a ser um projetista capaz de criar soluções inovadoras com esse poderoso componente.

Comentários