programacao-arduino

Programação Arduino: 5 dicas de ouro para se tornar um programador.


Muito bem, você finalmente decidiu entrar de vez no mundo dos microcontroladores e começar a criar seus projetos com Arduino, Pic, etc. Se este é o seu caso, não tem jeito, você precisará aprender programação.

Boa parte das grandes inovações da atualidade envolvem algum tipo de criação de algoritmos, ou seja, a programação de softwares em alguma linguagem de programação.

Se você tem algum interesse nessa área, seja para programar aplicativos para computadores, smartphones, tablets ou para o desenvolvimento de sistemas embarcados, os cinco tópicos apresentados a seguir podem ser de seu interesse.

 

1) Você dá as cartas: Um programa de computador é tão “inteligente” quanto seu criador. Não existe mágica! Um programa de computador não surge do nada, de modo que ainda é necessária a ação de um ser humano para desenvolver todos os softwares que conhecemos.

 

2) Não coloque a carroça na frente do cavalo: programar um computador consiste basicamente em dizer, passo a passo, o que deseja-se que o software faça. O mais importante dessa regra é que esses passos devem seguir uma sequência lógica e muito bem definida. Lembre-se da regra 1.

 

3) Se isso, então aquilo, senão aquilo ali: Outra estrutura fundamental da programação de computadores é a estrutura condicional, que consiste na utilização correta das palavras reservadas (ou suas variantes) IF, THEN e ELSE (Se, Então, Senão). Essa estrutura consiste em verificar SE alguma condição é verdadeira para ENTÃO executar algum conjunto de ações, SENÃO executar outras ações.

 

4) Andando em círculos: Além das estruturas sequenciais e condicionais, as estruturas de repetição completam o grupo dos conceitos que devem ser dominados para o desenvolvimento de algoritmos. Essas estruturas, normalmente representadas pelas palavras reservadas FOR e WHILE, permitem a execução em looping de um conjunto de instruções até que alguma condição seja atingida.

 

5) A diferença é igual: Com raras exceções, desenvolver algoritmos computacionais sempre contemplará os itens apresentados acima, não importa a linguagem de programação escolhida. Dominando as principais estruturas da programação em uma linguagem de programação qualquer lhe permitirá aprender outras linguagens de forma muito rápida e simples.

 

Resumindo tudo o que foi apresentado, se você deseja aprender a programar em alguma linguagem de programação, aprenda como implementar as estruturas sequenciais, condicionais e de repetição nessa linguagem. Depois disso bastará você se familiarizar com as particularidades da linguagem.

 

Se você gostou deste artigo e deseja que o Laboratório de Eletrônica continue existindo, por favor compartilhe este post clicando no botão “Compartilhar” abaixo. Obrigado e até a próxima.

 

Compartilhar